Paloma Coelho

sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

"Passei a ocupar meus dias pensando sobre o que, afinal, é isso que todo mundo enche a boca para chamar de amor ..."

...Como se fosse algo simplificado: defina em meia dúzia de frases, é fácil, querida.
É fácil? pois querida não entende como uma palavrinha simples formada por apenas duas vogais e duas consoantes pode absorver um universo de sensações contraditórias, diabólicas, insensatas,incandescentes e intraduzíveis. O que é amor? já tentei explicar a mim mesma e, por mais que tente, jamais conseguirei atingir a essência dessa anarquia que dispensa palavras..." Martha Medeiros - Fora de mim 

Autora do best-seller Divã, novela irônica e bem-humorada sobre uma mulher que enfrenta o fim de seu casamento arrastado em plena crise dos 40, Martha Medeiros faz agora de seus leitores testemunhas de outro momento, talvez mais crucial e terrível na relação amorosa – aquele em que a paixão acaba, por mais intensa que tenha sido.
Em Fora de mim, a autora vai ainda mais fundo na descrição de sentimentos universais provocados por essa perda, comparada por ela a um acidente de avião, em que os sobreviventes “percebem a perda de altitude, a potência enfraquecida das turbinas e o desastre iminente, até que acontece a parada definitiva da aeronave, (…) e sobe do chão um silêncio absoluto, (…) a quietude amortizante de quem não respira, não pensa, não sente nada ainda.”
A autora inicia sua narrativa visceral no instante da despedida, da queda, do fim trágico, nem além nem aquém da dor maior: quando se tem a certeza de que não há mais volta. Aos poucos, o leitor vai compreendendo como tudo aconteceu, como tudo afinal foi ficando fora de controle.
Recém-separada de um casamento longo e pacífico, a protagonista se apaixona loucamente, embora não cegamente, por um outro homem, de personalidade conturbada, com quem vive uma intensa paixão. Consciente do mergulho, a mulher pressente que no fundo daquela relação só acabaria encontrando a escuridão da dor. Mesmo assim, dá o salto. E perde. A entrega aqui é um vício sem saída.

Comprei Quarta o livro da minha amada Jornalista e escritora Martha Medeiros e já estou devorando.
Amanhã é o dia oficial da pesagem do desafio com dona M na área to até com medo, mais vamos que vamos, beijos e um fim de semana sem jacadas, já basta a de quarta!

10 comentários:

  1. oi Paloma...boa dica de literatura...passei pra avisar que tem selinho pra você no meu Blog...bjos

    ResponderExcluir
  2. Adorei o trecho do livro que vc postou, estou super curiosa para ler tmbm, vou por na minha lista de 2011, e boa sorte na sua pesagem de amanhã...bjs

    ResponderExcluir
  3. Boa sorte na balança querida. Um grande abraço.

    ResponderExcluir
  4. adoro a Martha tb menina, depois posta aki o que achou desse ok
    bjim e uma linda pesagem positiva pra vc amanhã

    ResponderExcluir
  5. Que lindo esse echo...

    Adorei

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  6. Ela é demais mesmo!!

    Torcendo por um sorriso na balança!! ;D

    Beijos, e um lindo final de semana!

    ResponderExcluir
  7. Paloma,
    minha linda!

    Vc nem imagina como foi importante vc lembrar de mim.

    Xero

    ResponderExcluir
  8. Oi Paloma, boa sorte na pesagem :) Eu preciso retomar a linha, depois das festas de finais de ano está complicado rs!

    A Martha Medeiros é maravilhosa, muito boa leitura mesmo!

    Bjusssss

    ResponderExcluir
  9. Adooooooro, hahah, Diva eh tudo de bom, esse deve ser ainda melhor!

    ResponderExcluir
  10. Me deu até vontade de ler este livro, parece bem interessante mesmo. Boa dica vou tentar comprá-lo. Bjos bom fds!

    ResponderExcluir